TRÊ$ TORRE$ TRI$TE$

Já sou rico, mas só penso em dinheiro. Eu, mesmo com o pé na cova, quero construir três torres tristes de shopping-centers num lugar que poderia ser um parque. Não largo o osso do meu patrimonialismo! Foda-se a cidade; podem dizer que sou parte do desleixo social e urbano, que sou um dos muitos responsáveis pela cidade claustrofóbica que agoniza, que sufoca, podem dizer que estou gagá: meu único intuito é lucrar. Parque! E parque lá dá dinheiro? Aliás, cultura nem arte dão dinheiro — tudo sonho, fantasia… Vai por mim, caro senhor, cara senhora: o que dá dinheiro mesmo é entretenimento barato, alienação televisiva e jogos de azar. No meu caixão não jogarão flores, mas aviãozinhos de notas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *