LGBTfobia em Santos

Abro o Facebook e dou de cara com a notícia de mais uma agressão LGBTfóbica em Santos, de novo na praia, desta vez com um casal de meninas. Meu senso de empatia explode nestes momentos!… Durante um dos jogos do Brasil na Copa deste ano, foi amplamente noticiado o fato de um menino que também foi espancado na praia, próximo a um quiosque. Pediu isqueiro para uns homens que zombaram do seu jeito e, depois de sua amiga ter ido tirar satisfação com eles, o espancaram gravemente. As meninas deste novo ocorrido, por sua vez, foram espancadas por responderem ao assédio machista e às ofensas preconceituosas do grupo. Em ambos os casos, eram vários homens – seis, por aí. São os mesmos?! Uma gangue?! É revoltante constatar que a polícia – essa instituição com planejamentos ineficazes (vide a guerra inútil e ideologicamente equivocada contra o tráfico e a violência social), também LGBTFÓBICA e lotada de IDÓLATRAS CEGOS DO BOLSONARO – não investigue a sério, nem haja, por parte da Prefeitura tucana e incrivelmente omissa em quase todos os aspectos da cidade, uma campanha de conscientização! Estão esperando acontecer algo mais grave?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *