TADZIO VEIO FALAR COMIGO NA MÁGICA AVENIDA PAULISTA…

Juro, por todos os deuses, que ontem, na mágica Avenida Paulista, Tadzio, em carne, osso e divindade, veio falar comigo. Me olhou mais de uma vez ao longe entre os livros da Livraria Cultura, depois nas esquinas, e eu tive medo daquele olhar de anjo e de diabo: “veio um garoto do arraial do cabo belo como um serafim, forte e feliz feito um deus, feito um diabo, veio dizendo que sim…” Ousou iniciar uma conversa comigo, fazendo-me perguntas-chichê. Falei que nasci em Santos, onde o sol é mais ardente que o sol manso de Veneza, quase como um convite litorâneo e insular para além de São Paulo, onde ele sairia correndo do mar para se cumprir a imagem e a história do livro e do filme… Soube, então, que quer ser filósofo, que escreve uns versos, que conhece meus vídeos, que tem quase dezesseis anos e se chama Leonardo! Como resistir? Não nos despedimos facilmente. Escritor, vivo a vida ficcionalizando a própria ficção, batizando-a com nomes reais, próprios para quem mistura sonho e realidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *