COMENTÁRIO A RESPEITO DE JEAN WYLLYS

Gosto do Jean Wyllys. Bem informado, articulado, inteligente. Com projetos pertinentes. O Brasil tem dessas coisas paradoxais, esses signos contrastantes, um Jean Wyllys ao lado de um Bolsonaro dentro de uma mesma instituição… Seu trabalho dentro da Câmara dos Deputados tem sido importante do ponto de vista social e político. Ele representa, de um lado, uma mentalidade geral aberta e progressista que só amadurece e busca cada vez mais ocupar espaço nos poderes; do outro, representa talvez uma camada social homoafetiva assumida sendo “representada” de forma inédita aberta e diretamente. Por fim, quero observar que muitos dos seus textos, posts, publicados às vezes na madrugada, nos bastidores do Congresso, me parecem às vezes como “gritos de socorro”, não só de uma pessoa com sensibilidade, empatia em meio à sordidez de grande parte dos deputados e políticos brasileiros (Ciro Gomes, num vídeo que vi por aí, diz que, enquanto deputado, via absurdos e mais absurdos bem na sua frente, negociatas e outras coisas escancaradas — mas Ciro tem brio e longa vida política), como vale dizer que esses “gritos de socorro” ou esta “necessidade em nos mostrar o que está acontecendo” significam também uma espécie de incredulidade de alguém recém-chegado, que nunca fez parte daquela classe política, enquanto homossexual assumido, portanto fora do suposto “comum”, e, mais do que isto, enquanto oriundo de classe social menos abastada, vendo de perto os extremismos e o conservadorismo hegemônicos no Brasil sem qualquer coberta ou distância… Este encontro entre brasileiro e Estado deve ser inevitável, deve ocorrer até mesmo como aprofundamento disto que a gente chama de democracia. Portanto, sua voz destoante ali dentro, junto a de outros deputados, conta muito e cada vez mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *