Aécio e Temer são irrelevantes; Dilma e Lula, não

Aécio e Temer são irrelevantes agora. Suas prisões não significariam nada em termos políticos — embora signifiquem em termos judiciais. O fato é que tiraram a Dilma por “pedalada fiscal” (injustamente, farsa explícita com áudio e tudo) quando ela era politicamente relevante: presidente eleita tendo que lidar com corja de corruptos sanguessugas. O fato é que acusaram, julgaram e prenderam Lula com pressa recorde no caso confuso e inconsistente do triplex enquanto ele é relevante politicamente: maior figura política e popular do país, liderando pesquisas de intenção de voto. Eis a enorme diferença! Muito importante considerar tudo isto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *