A estupidez de Jair Bolsonaro causa asco, raiva e pena

No começo, também eu tinha raiva, asco e afins em relação a Jair Bolsonaro, mas, ultimamente, confesso sentir misto de asco, raiva, pena e compaixão, porque ele é simplesmente um pateta, um senhor com séria disfunção e imaturidade mental, uma piada de si mesmo, um fantoche, uma marionete, um testa-de-ferro, uma difamação do conservadorismo, do extremismo e do neofascismo: a idade do seu cérebro (de forma flagrante) parou de se desenvolver ali na adolescência.

Não digo para fazer rir, embora seja mesmo cômico – isto é visível até para adolescentes mais bem formados que me lêem, assistem vídeos meus e dialogam comigo. (Tenho agido numa contrainformação em relação a canais do YouTube pagos pela direita para atingir sobretudo a população mais jovem, vulnerável, numa verdadeira lavagem cerebral, com revisionismos mentirosos e informações completamente estreitas, burras e superficiais sobre educação, liberalismo, capitalismo, marxismo, sexualidade e afins.)

Diante do esporro glorioso de Marina Silva, parecia um menino travesso tendo que ouvir as reprimendas da tia. Colegas do seu tempo de Exército confirmaram várias vezes a sua incapacidade intelectual. Suas respostas nas entrevistas – os exemplos são inúmeros, esgotados em fantásticos memes e artigos sérios – atestam seu total despreparo até como Depurado Federal, que dirá Presidente da República…

A cena em que teve de escrever na própria palma da mão o que iria perguntar em pleno debate televisivo eleitoral é mais patético do que o tosco Cabo Daciolo segurando a bíblia (ao invés da Constituição) e demonstrando fundamentalismo doentio e delírios de poder desconectados da realidade de um país múltiplo, plural, sincrético.

Por essas e outras, o problema maior de Bolsonaro não é só ele ser de extrema-direita, é também ser de extrema-burrice, tal qual os “bolsominions” – jovens e adultos tapados. A inteligência brasileira responderá nas urnas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *