“Você é de Santos?”

– Você é de Santos?
– Sou.
– Terra do Pelé, do Neymar…
– Nenhum dos dois nasceu em Santos, mas tudo bem… O time se sobrepôs à cidade da forma mais medíocre possível.
– Não?!
– Não.
– Mas você visivelmente é, a tua arrogância é bem santista e o teu sotaque é de litoral…
– Ha! Nem a Marquesa de Santos. O José Bonifácio nasceu. O Plínio Marcos também.
– E o Mario Covas.
– E vários outros, além de mim…
– E você é artista, intelectual…
– Sensível sempre.
– E o que você acha disso?
– Amo a orla, mas é uma ilha provinciana que tinha tudo para ser cosmopolita, não só por causa do maior porto do continente, mas não é — cabecinha de interior confrontada muito raramente com o sentimento atlântico do mundo… De vez em quando tem algum charme que logo se transforma em tédio. Talvez seja um bom lugar para se morrer tranquilamente, quando se é velho.
– Não foi sobre isso que eu perguntei. Quero saber o que você acha de um jogador de futebol da tua idade ou mais novo que você ganhando rios de dinheiro, muito acima da tua realidade?
– Ah, não sou tão ruim nos esportes, mas eu detestaria. Por que é que eu receberia milhões através de subserviências, pressões e concessões, numa vida medíocre muito abaixo da minha realidade?!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *