Há um novo boom filosófico em marcha…

Há um novo boom filosófico em marcha. Conceitos e questões como lugar de fala, gênero, corpo, ocupação, representatividade, diversidade, etnia, biopolítica atestam isto, defendidos, desenvolvidos, escritos e falados por pessoas de várias gerações. Outra tarefa filosófica é desmascarar falácias, inverdades e sofismas de tipos como os olavetes pseudofilósofos com seus pseudoconceitos – isto tenho feito na medida do possível, em vídeo ou texto. Há também uma fragilidade vocabular na sociedade, daí a importância de ressignificar velhos termos: meu livro “O que é ser de esquerda?” encontrou um grande impasse, o incontornável Nietzsche.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *