Sérgio Moro, desesperado, foge da ética para vetar habeas corpus de Lula…

Num desespero sem precedentes, o narciso Moro, de férias em Portugal, fora da jurisdição, contra o código de ética da magistratura e a favor de interesses, veste a toga e liga para o delegado de Curitiba não acatar a ordem de habeas corpus do desembargador de segunda instância (acima de sua hierarquia) para soltar Lula!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *