Na Santos insular…

Depois de 4 anos de São Paulo, volto para Santos por um tempo exatamente no dia do meu aniversário (31/jul) e é como se um peso fosse tirado das minhas costas. O ritmo virou completamente outro. Apesar da minha relutância inicial que sempre retorna quando ando pelas ruas provincianas, aqui vou ficar por um tempo, não só para economizar dinheiro, visto que na megalópole eu vivia vida caríssima e confortável de pensionista que logo foi se apertando porque eu gastava muito e não guardava nem ganhava nada extra, mas também para me dedicar a concursos literários, escrever logo meus livros, peças e projetos artísticos, sem ter que pensar muito na vida prática (nem em aluguel). Além do mais, São Paulo é tão pertinho… O plano é voltar. É?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *