“Fernando, você parece com o Caio Castro e com o Guilherme Lobo!”

“Fernando, você parece com o Caio Castro!”
“Você parece com o Guilherme Lobo…”

Presumo que essas frases constantes na minha vida sejam elogios estéticos — mas são também uma afronta intelectual, pois sou, de longe e de perto, mil vezes mais inteligente e mais interessante do que os dois juntos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *