Comecei a escrever um outro livro, chamado “O que é ser de esquerda?”

Comecei a escrever um outro livro, chamado “O que é ser de esquerda?” A proposta é ser um livrinho, pequeno, mas que traz um novo conceito filosófico do que é ser de esquerda, não necessariamente atrelada às instituições, e onde falo também sobre a importância de atuar na jurisprudência, contra o abstracionismo e simbolismo dos Direitos Humanos, onde, enfim, insisto na imanência e na percepção. Obs.: Céus, outro livro?! Assim eu não termino nenhum, nem meus romances, nem os poéticos, nem os outros de filosofia…rs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *