ATÉ ONDE VAI O GOLPE?

A coisa tá preta (não me acusem de racismo!). Ok, tá russa (não me acusem de xenofobia e preconceito linguístico!) O fato é o seguinte: se prenderem Lula, ele vai indicar alguém da cadeia. Mesmo se não for preso e conseguirem torná-lo inelegível de algum modo, ele indicará alguém que, por si só, terá peso político inquestionável. Se nenhuma destas duas hipóteses acontecer, ele se candidata normalmente. Mas será que vão deixar? Vejam bem: não falo como lulista, mas como um livre pensador que, de fora, enxerga uma verdadeira briga de tubarões contra Lula: judiciário, elite, mídia, grande empresariado e capitalistas, classe política e partidos.

Muito bem. Diante destas ameaças, não duvido muito que nosso digníssimo Congresso, junto com partidos à direita e com estes setores supracitados, queiram suspender as eleições presidenciais, o que seria uma verdadeira lástima, uma tragédia, o abuso dos abusos contra cada um de nós e contra a fraca semidemocracia que existe neste país. Não sou o único a dizer isto. Várias figuras também falam ou prenunciam aquilo que não deve, não pode acontecer: a tática de dizer que “vai tudo bem”, “melhor deixar como está”, ou eles mesmos elegerem outro indiretamente, porque o Brasil “ainda não está preparado para votar…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *